A primeira coisa que você tem que ter em mente, sobre amamentação, é que não é uma tarefa fácil, principalmente o começo, é necessária muita persistência para conseguir. Por isso é inevitável se preparar para amamentar e deixar esse momento ainda mais especial.

Leva um tempo até o seio se acostumar e o bebê aprender a pega correta, você pode sentir dor e incômodo e em alguns casos, até mesmo machucar o bico do seio. É nessa hora que você deve persistir e elevar o seu desejo de amamentar e alimentar seu filho. Algumas desistem já nesse primeiro passo, ao sentir dor já introduzem a mamadeira desistindo de amamentar.

Como preparar o seio para amamentar

Primeiro passo na preparação do seio para amamentar começa durante o pré-natal, pedindo orientação par ao seu médico e descobrindo e conhecendo qual o formato do seu mamilo (confira nosso artigo sobre formatos de mamilos) e assim prepará-los da melhor maneira.

Outra dica muito importante é tomar sol nos mamilos, isso mesmo, bastante sol. Durante a gravidez a gestante deve tomar sol nos mamilos por 15 minutos, tomando cuidado com o horário que deve ser antes das 10 da manhã e posterior às 16hs. 

As massagens também são muito efetivas nessa preparação. Os seios devem ser estimulados de 1 a 2 vezes ao dia, com as duas mãos assegurando uma a cada lado da mama, deve-se fazer pressão até chegar o mamilo, em média 5 vezes o mesmo procedimento e depois repetir por mais 5 vezes com as mãos agora em baixo e em cima. Esse procedimento auxilia a deixar o bico mais saliente e facilitar a pega do bebê.

Os alvéolos, glândulas da mama responsáveis por produzir o leite, ficam localizados em volta da aréola do seio (parte mais escuro). Quando o bebê mama com eficiência, realizando a pega correta, a boca se abre ao máximo e o vácuo é feito na aréola do peito. Por isso, é muito importante se informar durante a gestação sobre pega e posicionamento do bebê, pois isso irá garantir melhores mamadas.

Alguns produtos podem te auxiliar durante a amamentação

Esses acessórios podem te auxiliar e facilitar durante a amamentação. Confira:

Sutiãs de amamentação (ideal ao menos 2, para começar): Durante a gravidez o tamanho e o formato dos seios muda, então vale a pena comprar os sutiãs de amamentação bem no final da gestação. Lembre-se de que, cheio de leite, o peito pode aumentar ainda mais.

Almofada de amamentação: São almofadas em formato de meia lua, que ajuda a posicionar o bebê, principalmente no comecinho. Elas são super confortáveis e trazem segurança tanto para o bebê quanto para a mamãe.

Poltrona de amamentação: Não é essencial. Mas veja se na sua casa há um lugar confortável e prático para você amamentar. Lembrando que você vai passar umas boas horas por dia dando de mamar ao bebê, e é importante estar confortável.

Absorventes para seios: São absorventes para colocar dentro do sutiã. Esses absorventes ajudam a manter suas roupas secas e sem manchas entre as mamadas, porque os seios podem vazar. Existem os descartáveis e os laváveis. Especialistas recomendam cuidado com o uso constante, para não predispor a infecções por fungos nos seios (que podem atrapalhar a amamentação).

Bombinha de tirar leite: Não é preciso comprar bombinha de tirar leite com antecedência. Deixe para pensar nisso mais para a frente, quando você já estiver bem acostumada com a amamentação. Mas é sempre bom, já se informar sobre modelos, valores e serviços que existem.

Do resto, o seu corpo vai saber como se adaptar. Junto com a criança, nasce sempre uma mãe que mesmo achando que está despreparada… não está!

Deixe um comentário.