Os primeiros cuidados com o recém nascidoDescubra aqui algumas atitudes que são muito importantes para a saúde do recém-nascido no início da vida

O nascimento do bebê é um momento muito significativo e especial para os pais. Mesmo para aqueles que se informaram se prepararam para a chegada do seu filho, após o nascimento muitas dúvidas e incertezas surgem.

Os primeiros cuidados com o recém nascido e principalmente sobre o desenvolvimento mês a mês é um ponto de dúvida geral dos pais, principalmente para os de primeira viagem. “Como cuidar, como dar banho, quando alimentar e por quanto tempo” são algumas das dúvidas mais comuns durante os primeiros 30 dias de vida do bebê.

Antes de tudo, é importante e muito válido ressaltar que é comum ter receios, inseguranças e medos nessa fase da vida do seu filho. Os neonatos, ou seja, aqueles que possuem até 28 dias de vida, podem ser muito desafiadores para os pais ou cuidadores. 

Por isso, não fique preocupada(o) em se sentir assim. É extremamente comum e até mesmo benéfico, já que isso te deixará mais atento e cuidadoso para com o seu filho. Então, não deixe de conferir as nossas dicas para os primeiros cuidados com o recém-nascido.

Antes de ir para casa

Os primeiros cuidados com o recém nascido se iniciam ainda na maternidade. A equipe do hospital, após a retirada do bebê, deve estimular um primeiro contato entre a mãe e o filho. Isso é muito importante para fortalecer o vínculo materno entre os dois.

Além disso, ainda no hospital, o neonato passa por uma série de exames de triagem neonatal, como o Teste do Pezinho, da Orelhinha, do Olhinho e do Coraçãozinho. É feita também a vacinação do bebê com BCG e contra Hepatite B. Essa etapa é essencial para proteger o seu filho contra diversos problemas de saúde.

Primeiro banho

O primeiro banho é dado pouco tempo depois que o bebê nasce. Geralmente é nesse momento que os enfermeiros ensinam os pais o que fazer na hora do banho, para que eles consigam reproduzir em casa.

Sendo assim, principalmente para os pais de primeira viagem, o banho gera muitas inseguranças. Mas, se você prestar bastante atenção durante a explicação dos enfermeiros, você sairá bem.

Como deve ser a alimentação do bebê?

Outra dúvida bem frequente é a importância da amamentação e a alimentação do bebê, em especial nos primeiros 6 meses de vida, deve priorizar o leite materno. Não existe uma fórmula correta de como alimentar o seu filho da melhor forma. O ideal é que a amamentação seja feita em livre demanda, ou seja, sempre que o bebê quiser, sem estipular horários certos.

Geralmente, nas primeiras semanas de vida o bebê se alimenta com intervalos de duas horas e meia até quatro horas. Porém esse prazo é estipulado tendo como base a alimentação correta e em quantidades adequadas.

Afinal, se a mulher possuir alguma dificuldade na amamentação, baixa produção de leite, mamilo plano ou outro problema, ela pode optar por outras estratégias para manter o leite materno. Uma delas é o uso de bombinhas de leite que, além de serem úteis para os bebês que não conseguem pegar o peito da forma correta, podem auxiliar a aumentar a produção de leite materno.

Quer saber mais sobre as vantagens do uso de extratores de leite? Clique aqui e confira.

Troca de fraldas

Nos primeiros dias de vida é comum que o bebê faça cocô cerca de oito vezes por dia. Com o passar do tempo, essa frequência vai reduzindo e estabilizando.

Além disso, é normal que o seu filho faça xixi várias vezes durante o dia. Porém não é necessário fazer a troca de fraldas todas as vezes. A fralda deve estar cheia de xixi para ser trocada.

Inscreva-se e tenha acesso a descontos exclusivos

* indicates required

Como fazer a troca de fraldas?

Para fazer isso, é importante que você separe tudo que irá precisar: fralda limpa, algodão e água morna ou lenços umedecidos. Nesse caso, vale ressaltar que é melhor que você opte por usar algodão molhado ao invés dos lenços umedecidos convencionais. Isso porque, eles podem conter alguma substância ou material que pode causar alergias e irritação na pele do bebê.

Antes de começar a troca de fralda, suas mãos devem ser higienizadas para evitar qualquer tipo de infecção. Tire a fralda suja e limpe o seu filho em movimentos únicos de frente para trás. Isso evita que a sujeira entre nos órgãos genitais do bebê.

E as assaduras?

É comum o aparecimento de assaduras no bebê. Por isso, é indicado que, logo após tirar a fralda suja, você passe pomada anti-assadura na virilha e no bumbum sem que entre em contato direto com a genitália.

Banhos

Como já dito acima, o banho não tem segredos. Se você prestar atenção, com certeza conseguirá fazer da forma correta. Não é necessário ter medo.

Primeiramente, antes de começar a dar o banho, separe tudo que irá precisar e deixe perto de você. Ademais, é importante que você se atente a temperatura da água. O ideal é que a água esteja em temperatura de aproximadamente 36º C. Sem contar que, em dias frios, é importante que você feche as janelas para evitar rajadas de ar direto no bebê que podem causar choque térmico.

Use sempre sabonetes hipoalergênicos. Caso for dar banho mais de uma vez no dia, não é necessário passar sabonete todas as vezes. Um banho só com água já é bom para evitar acúmulo de sujeiras e também para relaxar o seu bebê antes de colocá-lo para dormir. 

Além disso, no momento do banho, você pode fazer a limpeza da orelha e dos olhos do nenê. No caso da orelha, não é necessário usar cotonetes. Apenas passar um pano úmido na parte externa já é suficiente.

Como cuidar do coto umbilical?

Muitos pais têm medo de mexer no coto umbilical para não machucar o bebê. Porém, é essencial que ele seja limpado diariamente para evitar infecções.

Para cuidar do umbigo do seu filho, basta lavá-lo suavemente durante o banho. É importante desinfetar o local com um algodão embebido em álcool 70%. Depois disso, seque levemente o local.

Sendo assim, repita esse procedimento todos os dias até que o coto umbilical caia. É muito comum que durante esse processo, haja pequenos sangramentos. Não é necessário se preocupar caso seja leve.

O que fazer em casos de cólica?

Primeiramente, as cólicas são muito corriqueiras nos bebês, principalmente nos recém nascidos. Isso  porque o sistema digestório ainda está finalizando o desenvolvimento, o que pode causar alguns desconfortos abdominais.

Para resolver isso, você pode fazer massagens abdominais para aliviar as dores ou então optar pelo uso de algum medicamento, caso esteja muito forte, e que tenha sido indicado pelo pediatra.

Afinal, vale ressaltar que o leite materno é um grande aliado na tentativa de reduzir ou evitar as cólicas. A explicação para isso é que o leite é mais bem digerido pelo bebê e possui substâncias que são muito benéficas para o seu filho. Priorize o aleitamento materno!Os cuidados com o recém nascido não tem segredo. Apesar de todos os medos e inseguranças, quando você aprende e faz isso cotidianamente, você conseguirá fazer da melhor forma possível.

Portanto, se precisar de ajuda para comprar artigos e acessórios para amamentação. Conte com a Loja virtual da Baby Central. Somos especialistas em amamentação materna!

 

Inscreva-se e tenha acesso a descontos exclusivos

* indicates required

Leave a comment