Entenda porque ter um cantinho da mamãe pode ser essencial para mulheres nos primeiros meses pós parto

Após o parto muitas mulheres ficam sensíveis ou fragilizadas. Essa situação pode estar ligada tanto a questões hormonais, quanto a questões do contexto ao qual ela está inserida. 

Nesse sentido, ter um cantinho para a mamãe, onde a mulher encontre tranquilidade e acolhimento, pode ser um fator muito positivo. Assim, é possível que o período pós parto e os meses seguintes, do crescimento da criança, possam ser saudáveis para mãe e bebê. 

Além de compreender a importância de se ter um cantinho exclusivo da mamãe, é preciso entender os benefícios que esse espaço pode trazer e alguns deles você vai ver a seguir.

O que pode ser considerado um cantinho da mamãe?

Um cantinho da mamãe consiste em qualquer espaço em que a mãe se sinta acolhida, um local em que ela possa descansar dos inúmeros afazeres que aparecem em conjunto com a maternidade.

Esse espaço pode ser um local físico ou até mesmo um momento durante a semana ou durante o dia, em que a mulher possa descansar e dedicar um tempo para si mesma, sem que precise se preocupar com o bebê.

Para que esse local ambiente de autocuidado seja construído, é preciso que os demais membros da família colaborem, de maneira que a mãe possa sentir confiança em deixar a criança sob os cuidados de outros componentes da família. 

Quais os benefícios em ter um cantinho só para vocês?

Um espaço dedicado e decorado exclusivamente para a mãe e o bebê, é importante em vários aspectos, uma vez que ele pode trazer sensações tranquilizantes para a mulher e que, consequentemente, influenciam no bem estar do bebê. Isso porque um cantinho da mamãe pode trazer:

Tranquilidade

As responsabilidades que vem junto à maternidade são inúmeras e algumas delas são intransferíveis, como a amamentação. 

Em geral, as mães acabam se tornando as maiores responsáveis pelos cuidados com a criança. Isso pode acabar gerando um desgaste emocional e físico muito grande para elas.

Esse desgaste pode, por sua vez, levar a um estado de estresse, que precisa ser resolvido. Por isso, proporcionar que haja um cantinho da mamãe é muito importante. 

Entretanto, é preciso que esse ambiente forneça um momento que ela possa ficar totalmente despreocupada com as responsabilidades da maternidade, sempre contanto com a ajuda dos familiares. 

Aconchego

Ter seu próprio espaço, no qual você se sinta acolhido, é uma das melhores sensações. Esse espaço pode ser físico, como um quarto, ou simplesmente um momento diário, como sentar no sofá para ver uma série.

Em momentos de fragilidade, como o período pós parto e os primeiros meses da criança, esse local é ainda mais importante. 

É por isso que ter um cantinho da mamãe pode proporcionar a sensação de aconchego, uma vez que esse espaço é dedicado para que a mãe relaxe e se reconecte.

Aumento do vínculo entre mãe e filho

Uma mãe emocionalmente estável e feliz com seu período de maternidade, em que ela tem seu espaço respeitado e valorizado, tem mais disposição para atender as demandas do bebê. 

Por isso, investir um tempo para proporcionar que a mulher tenha seu cantinho, é uma ótima escolha. Isso porque o bem estar emocional favorece uma boa relação entre a mãe e o bebê, aumentando o vínculo entre eles.

Como construir um cantinho ideal?

A palavra construir não necessariamente envolve gastos financeiros e mudanças físicas em casa. Construir um cantinho da mamãe tem muito mais a ver com compreender as necessidades e desejos da mãe, entendendo o que ela gosta de fazer e reservando um momento para que ela possa fazer isso.

É claro que esse espaço também pode ser físico, separando algum cômodo da casa e deixando-o com aspecto mais aconchegante e muito bem decorado. 

Entretanto, é preciso entender que enquanto a mãe estiver lá, é necessário respeitar o espaço e a tranquilidade dela.

Além disso, o cantinho da mamãe também pode servir como um local tranquilo para que ela possa amamentar e cuidar do bebê.

Por isso, invistam um tempo em criar um espaço aconchegante e tranquilo para a mãe e o bebê, de maneira que a maternidade possa ser um momento prazeroso e participação de toda a família.

Leave a comment